ÚLTIMAS

Balanço dos escritórios 2016

Luís Viviani É preciso cortar custos e racionalizar processos Avaliação é do Schneider, Pugliese Advogados, especializado em tributário
Luís Viviani Maior frustração de 2016 foi enfraquecimento do CARF Avaliação é de Angela Di Franco, sócia do escritório Levy & Salomão
Luís Viviani Direito Eleitoral e PPPs são apostas do Braga Nascimento Ainda assim, para escritório, crise política e econômica serão um “fantasma” neste ano
Luís Viviani Advogado passou a zelar também pela reputação corporativa Para Marcos Flesch, do Souza Cescon, não basta somente deter o conhecimento técnico de excelência
Luís Viviani Escritórios apostam em criação de “áreas de governo” Para Madrona Advogados, há uma demanda crescente nas relações público-privadas
Luís Viviani Times multidisciplinares e de maior qualidade prevalecem Avaliação é de Maurício Novaes e Anna Mello, do Trench Rossi Watanabe
Luís Viviani Escritórios ajustaram práticas para enfrentar crise Para Lobo & de Rizzo, mercado de advocacia foi bem-sucedido neste movimento
Luís Viviani Regras de concessão e privatização são apostas para 2017 Avaliação é de Anderson Trautman Cardoso, sócio do Souto Correa Advogados
Luís Viviani Departamentos jurídicos sofreram juniorização em 2016 Para Siqueira Castro, empresas deram foco estritamente financeiro às áreas
Luís Viviani Cenário atual requer advogado com múltiplas habilidades Para CEO do TozziniFreire, conhecimento macroeconômico e capacidade analítica são essenciais
Veja Mais
1 de 2